INSTALAÇÃO

Chuveiros automáticos (sprinkler)

O sistema de chuveiros automáticos é composto por uma rede fixa de ramais hidráulicos distribuídos horizontalmente e encontra-se conectado a uma fonte de abastecimento através de uma coluna vertical principal de alimentação (riser), permanecendo preenchida com água sob  pressão, de maneira que quando aberto um ou mais chuveiros conectados nesses ramais horizontais pela ação direta do calor, imediatamente inicia-se o combate contra o foco de incêndio pelo despejo de água em densidade adequada ao risco do local protegido, exclusivamente através dos bicos de chuveiros afetados pelo fogo e sem intervenção humana. O sistema de chuveiros automáticos realiza de maneira simultânea a detecção, o alarme e o combate ao fogo.

Hidrantes de Mangueira

Encontrado no interior das caixas de incêndios e deve estar pronto para uso imediato nas operações de combate a incêndio pelo Corpo de Bombeiros, brigada de incêndio ou até mesmo ocupantes da edificação que tenham treinamento e forem familiarizados com o equipamento. As caixas de incêndio devem conter, entre outros acessórios: Registro Globo, Adaptador, Esguicho regulável, Chave de mangueira (Storz) e Mangueiras de incêndio.

Casa de Máquina de Incêndio (CMI)

É um compartimento, destinado especificamente ao abrigo de bombas de incêndio e demais equipamentos, como: Quadro de comando elétrico, Tanque Hidropneumático, manômetro, pressotato, tubos e conexões  ao seu funcionamento, não se admitindo o uso para circulação de pessoas ou qualquer outro fim.

Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (Para Raio)

A instalação dos Sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) é uma exigência do Corpo de Bombeiros, regulamentada pela ABNT segundo a Norma NBR 5419/2005, e tem como objetivo evitar e/ou minimizar o impacto dos efeitos das descargas atmosféricas, que podem ocasionar incêndios, explosões, danos materiais e, até mesmo, risco à segurança física e Patrimonial.

Ignifugação (Produto Retardante ao Fogo)

A ignifugação consiste na aplicação de produto retardante ao fogo, aumentando assim a resistência dos materiais acima citados e evitando que o mesmo se alastre a outros ambientes e materiais combustíveis. Além disso, também aumenta o tempo de combate, em eventual caso de incêndio. Utilizado em locais que contenham cortinas, cenografias, estofados, carpete, poltronas em tecidos, entre outros. É comum  e exigido em locais como teatros, cinemas, auditórios, hotéis, estúdios de televisão e armazéns de escolas de samba.

Hidrante de Recalque

Dispositivo do Sistema de Hidrantes encontrado em frente às edificações e utilizado pelos bombeiros para alimentar o sistema de incêndio de uma determinada edificação, garantindo que todos os hidrantes do sistema tenham água com pressão suficiente para combater as chamas. Esse sistema pode também ser utilizado para abastecer as próprias viaturas do Corpo de Bombeiros no caso de não existirem hidrantes de solo nas proximidades.

Sinalização e Iluminação de Emergência

A Sinalização e Iluminação de segurança contra incêndio e pânico, tem como função orientar aos ocupantes da edificação na hora do sinistro, o caminho (Escape) para facilitar a saída e localização dos equipamentos para uso em combate ao fogo, para utilização dos mesmos na edificação em caso de incêndio.

Detecção de Fumaça

O sistema de detecção e alarme tem como função sinalizar o princípio de incêndio através de um sensor de fumaça ou temperatura. Com esse mecanismo, é possível garantir o controle do fogo no menor tempo possível.

PREVENÇÃO E MANUTENÇÃO

Contratos de Manutenção

Oferecemos um Plano de Manutenção especialmente projetado para sua edificação, observando suas características, no qual prevê a manutenção preventiva dos dispositivos contra incêndio instalados, emissão de relatórios mensais contendo eventuais adequações necessárias e indicação de troca de peças. Desta forma, os sistemas estarão sempre operantes e em conformidade com as normas vigentes, prevenindo o risco de sinistros e resguardando a vida dos ocupantes. Fornecemos Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e Certificado de Responsabilidade de Garantia, assinados pelos Engenheiros responsáveis.

Recarga, Reteste e Manutenção de Extintores de Incêndio

Realizamos manutenção de 1º, 2º e 3° nível nos equipamentos, nas quais são realizadas a substituição da carga nominal de agente extintor e/ou expelente, avaliação da resistência do componente à pressões superiores à pressão normal de carregamento ou funcionamento do extintor, troca de peças danificadas e violadas e pintura dos cilindros.

Fornecemos Laudo dos Extintores e Ficha NR23.

Casa de Máquinas de Incêndio (CMI)

A manutenção no sistema de pressurização consiste em analisar a rede de incêndio, do início (na CMI) até o final (recalque), verificando todos os componentes da CMI e substituindo peças, caso necessário, além de realizar a pressurização do sistema.

Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (Para Raio)

A manutenção preventiva SPDA tem como objetivo evitar qualquer tipo de ocorrência ou dano à edificação onde o sistema se encontra, além de garantir a segurança das pessoas. Deve ser realizada anualmente ou sempre que houver a incidência de uma descarga atmosférica no equipamento.

Fornecemos Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), Certificado de Responsabilidade de Garantia e Laudo de Medição Ôhmica, assinados pelo Engenheiro responsável.

Teste em Mangueiras de Incêndio

De acordo com NBR 12.779, toda mangueira de incêndio deverá ser submetida a manutenção a cada 12 meses ou após sua utilização, com a finalidade de constatar eventuais vazamentos ou furos e mantê-la aprovada para uso.

Fornecemos Laudo de Mangueira.

PROJETOS

Projeto de Arquitetura

Representação gráfica dos elementos da edificação, sendo composto por plantas de situação, baixa, cobertura, cortes, fachadas e todo o detalhamento relevante do local.

Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico

Essencial para a segurança das edificações e dos seus usuários, visa adequar o local para oferecer à edificação um alto nível de proteção contra a ocorrência de incêndios, formas práticas e seguras de combatê-los, e de evacuação de pessoas em caso de pânico.

O Projeto deverá ser submetido à aprovação do CBMERJ. Esse processo se dá a partir da aprovação do Projeto, originando o Laudo de Exigências. Após isso, é realizada uma vistoria por Oficiais da OBM (Organização de Bombeiro Militar) e no caso de constatação da efetiva execução do projeto apresentado e aprovado, é emitido o Certificado de Aprovação, documento final e essencial, para fins de legalização.

Projetos e Laudos para Eventos Temporários

Realizamos também elaboração de projetos e laudos para eventos temporários em edificações ou espaços abertos, tais como shows, musicais, feiras, seminários, exposições, eventos religiosos, políticos, casamentos, etc.

Projeto de Sistema Fixo de CO2

Consiste em um sistema composto por cilindros de CO2 interligados a tubulações, válvulas, instrumentos e bicos difusores direcionados ao local a ser protegido. É utilizado nas áreas de Offshore e Onshore, ou seja, em locais onde não ocorra a presença de pessoas, dimensionado de acordo com a NBR 12232/2015

Projetos de Instalações Elétricas

Representa todo o planejamento da rede elétrica de uma edificação. Consiste em assimilar as necessidades do cliente para adequação/instalação no ambiente para: utilização de aparelhos, iluminação, fiação e circuitos elétricos, planejados de forma eficiente. Assim, é possível oferecer segurança, pois são previstos locais pontuais para instalações elétricas futuras, além de acabar com o risco de choques no contato com um aparelho ou tomada. Ademais, aborda consigo toda a fiação, tomadas, circuitos elétricos, eletrodutos e iluminação.

Projeto de Ar condicionado

Consiste no planejamento e dimensionamento, a partir da análise de características importantes dos ambientes, visando atender as necessidades dos clientes, bem estar, pleno desempenho e economia das instalações, otimizando desta forma suas instalações e tornando a execução viável.

Projeto de Hidráulica

As instalações hidráulicas podem ser compreendidas como sistemas que viabilizam o fluxo de água, de modo a regular corretamente os canais de passagem, bem como também pressão e vazão dos líquidos. Tais sistemas são concebidos através do projeto de instalações hidráulicas. Este pode ser definido como uma etapa prévia e obrigatória para que os sistemas hidráulicos de edificações desempenhem suas atividades de maneira eficiente e correta.

Projeto de Exaustão Mecânica

O Projeto é a primeira etapa para qualquer empreendimento que necessite de um sistema de exaustão, seja de cozinha ou sanitário. A Exaustão, assim como a Ventilação, tem como objetivo principal evitar dispersão de contaminantes no ambiente industrial, bem como diluir concentração de gases, vapores, promovendo assim conforto ao usuário do ambiente. Geralmente, uso da Exaustão é comum em coifas, garagens, bancadas, etc. Esse projeto deverá ser submetido a aprovação do GEM.

Projeto de Esgoto

A projeção dessas instalações podem ser compreendidas como sistemas que viabilizam o fluxo de esgoto, de modo a regular e conectar corretamente os canais de passagem. Assim, o projeto de esgoto pode ser definido como uma etapa prévia para que os sistemas das edificações desempenhem suas atividades de maneira eficiente e correta.

SOLICITE SEU ORÇAMENTO!

0